Publicações

Conexões em Psicanálise – Psicanálise e Pesquisa: A Constituição do Sujeito

Apresentação

Esta série, Psicanálise e Pesquisa, destina-se a apresentar os efeitos da interdisciplinaridade entre o discurso psicanalítico e os outros discursos.
Apesar das dificuldades inerentes  à sustentação de uma interface entre campos de saber distintos e em   função dos limites impostos  pela particularidade de cada discurso, um grupo de psicanalistas  da Escola Lacaniana de Psicanálise –RJ decidiu lançar-se em uma  experiência de escuta, para além da realizada no privado de seus consultórios, na direção  do que podemos nomear de clínica geral.
O grupo se dividiu sob o modo de cartéis para evitar os efeitos privilegiando um trabalho mais eficaz na elaboração e transmissão da experiência.
Assim, cada livro da série guardará uma forma particular de lidar com os enunciados e com as enunciações, isto é, com o que aponta para a singularidade de cada fala, evidenciando o sujeito do discurso em questão.
Os escritos de cada texto privilegiaram o que pode ser elaborado em cada experiência, a partir da escuta dos significantes que permeavam É o órgão de base de uma Escola de Psicanálise. Proposto por Jacques Lacan, o cartel baseia-se em um trabalho de elaboração levado a cabo a partir da escolha entre si de quatro cartelizandos Mais Um, cujo encargo é o de zelar pelos efeitos internos bem como provocar a elaboração. Aposta-se, ao seu término - que não deve ultrapassar dois anos de duração –, que um produto individual advenha desnodulando o cartel.
O campo então, pesquisado. Portanto, os relatos recolhidos nos livros da série não são, necessariamente, citações rigorosas dos entrevistados, mas um trabalho laborioso de tessitura na composição de uma tela, em que a cena emoldurada possa ser vista por todos e as conclusões sejam obtidas a partir da
leitura realizada com os significantes de cada um. Optamos por um modo de escrita na qual a autoria constituiu-se a partir da leitura dos textos e demais materiais de pesquisa realizada pelos cartéis envolvidos. Para tal, tomamos como exemplo os livros de Scilicet, ainda inéditos em português, nos quais
este modo de transmissão do saber psicanalítico privilegia a experiência do conjunto dos analistas-autores-de-textos, fundando-se sobre o princípio do texto não assinado “(...) pelo menos por qualquer um que contribuirá com um artigo como psicanalista”. Não se tratando de anonimato, ao conjunto
da publicação segue-se a lista dos analistas e colaboradores que deram a sua contribuição, a partir do que, Lacan, sendo o único a assinar seu texto, punha à prova a transmissão em psicanálise ao privilegiar a elaboração teórica como produto de um ensino, o seu. Nesta série, optamos por um resgate
dessa forma de publicação cabendo, à Escola Lacaniana de Psicanálise – RJ a única assinatura, cujo privilégio a uma produção coletiva aposta que esta seja o testemunho de um ensino em psicanálise.
Assim, o recolhimento e tessitura dos vários ditos constituem uma trama, na qual o que importa é a topologia estrutural de um texto alinhavado para transmitir o não-senso real da experiência com o inconsciente.

Preço:
R$ 25,00 + taxa de envio
(se comprada na Escola não há taxa de envio)

Sumário:


I. Apresentação 9

II. Introdução 13


III. Corpo Teórico 17


III .1. Interdisciplinaridade 17


III.1.1 Psicanálise e Medicina 17


III.1.2 Psicanálise e Psicolingüística 35

III.2. Pulsão 49

III.3. Autismo e psicose infantil 57

IV. Corpo Subjetivado 67

IV.1. Efeitos da presença do psicanalista na UTI neonatal 67

IV.2. Os possíveis de nossa intervenção no HUAP 83

IV.3. Um caso clínico: Aquilys 91

V. Perspectivas 97

VI. Breve histórico das Pesquisas na ELP-RJ 99

VII. Glossário 107

VIII. Referências Bibliográficas 111

Compartilhe nas mídias sociais:

Notícias

Ver todas as notícias
ESCOLA LACANIANA DE PSICANÁLISE - RJ

21 2294-9336
Av. Ataulfo de Paiva, 255 / 206
Leblon - Rio de Janeiro, RJ
CEP.: 22440-032